Local

Vila Nova de Famalicão

O futuro é aqui

Vila Nova de Famalicão assume-se como um dos concelhos mais empreendedores do país. O dinamismo da sua juventude, a eficiência, a diversidade e qualificação dos recursos humanos, a qualidade de vida e o crescimento sustentado fazem de Vila Nova de Famalicão um concelho com futuro, bom para viver e bom para investir.

Com empresas e instituições que são referência nacional e internacional nos setores do têxtil, da alimentação, da tecnologia e da fileira auto, Famalicão é, sem dúvida, um concelho com marca!

Com um ADN empresarial muito forte, Famalicão proporciona o ambiente ideal ao desenvolvimento de bons negócios, registando algumas particularidades que o distinguem dos demais municípios portugueses.

Com um tecido empresarial dinâmico e empreendedor, Famalicão destaca-se na economia nacional.

  • Terceiro município mais exportador do país

  • Segundo município do país com o maior Saldo Líquido da Balança Comercial

  • Produto Interno Bruto per capita acima da média do Vale do Ave

  • Terceiro município do Minho em número de empresas

Camilo Castelo Branco

Escritor português (Lisboa, 16.03.1825 – São Miguel de Seide, 01.06.1890). Filho natural de Manuel Joaquim Botelho Castelo Branco, oriundo de uma farmília da pequena e recente burguesia trasmontana, perde a mãe aos dois anos e o pai aos dez. Por decisão do conselho de família, vai, com a irmã Carolina, viver para Vila Real, a cargo de uma tia paterna, Rita Emília, que não se desvelará muito em carinho pelos dois órfãos. Quando, em 1839, a irmã casa com o futuro médico Francisco José de Azevedo, vai viver com eles para Vilarinho da Samardã e aí, por entre os acasos de uma adolescência nem sempre fácil, recebe a sua primeira formação cultural com as lições do P.e António de Azevedo, irmão do cunhado, que lhe ensina doutrina cristã, latim, francês e língua portuguesa. Aos 16 anos (em 18.8.1841), casa com Joaquina Pereira da França, camponesa do lugar de Friúme, concelho de Ribeira de Pena, onde temporariamente exercia as funções de amanuense; depressa, porém, a abandonaria. A adolescente, que lhe dera uma filha, nascida a 25.10.1841, morreria em 25.11.1847, poucos meses antes dessa filha, falecida a 10.3.1848.

[Foto e Texto “Casa-Museu Camilo Castelo Branco]

Pavilhão Municipal

Pavilhão Municipal Vila Nova Famalicão

Avenida de França – Calendário

4760-282 Vila Nova de Famalicão

Tel.: +351 252 322 050 | Fax: +351 252 316 587

Sponsors

Padrinho’s Restaurante
Âme Moi
Appdd
Xavier’s
Associação Baixo Minho
Jocar Armanda
Villa Prime
Comeip
Hotel Cidnay
Pavimogege
Academia Gindança
Capela Braga
Caixiave
DarIdeias
Bloqueira Vermoim
Dacop
Arga Tintas
Prova Artes Gráficas
Porminho
Partteam
Monsanto
Fernando e Fernandes
Ipdj
Codimarc
Construções António Machado
Fpdd
Prozis
A S Couto
AMCO Créditos
Wdsf Federation
Transfradelos
Remax Vitória
Câmara Municipal
Paviresina
O Saltimbanco
Wdsf Professional
Taxis Telhado
Comprar Casa Famalicão
Inor
Art Dance
Enif

Apoios

Lusitania Seguros
Miss Yes
Camilo Castelo Branco
Dsi London
Secundis
Famobanho
Jornal do Ave
Sandokan
Moutados Famalicão
Suminho
Vilas House
Puntada
Pro-desossa
Adrisport
Doze Restaurante
Digital Fm
Xirobloc
Cris Plantas
Port Dance
Ovisegur
Irmãos Oliveira
Cate Assistência
Vinhos Castro
Congelminho
Famasegur
Ptdesign – Alojamento Web e Webdesign
Pina Ferreira
Costa Automóveis
O Carvalhal
Mcdonalds Famalicão
Tiajo
Café Barroso
2J2F
Vieira
Unique Moments
Mibela
Virgílio Sá
Comércio Têxteis Amadeu João
Opinião Pública
Dora Ribeiro
Famalicão Digital
Cátia Magalhães
Cf Tenor
Iberlince
Olitrem
Sim Bombons
Famatv
Padaria Pinheiro
Hilcartur
Sonho do Móvel
Remo
Didáxis Vale S Cosme
Domigest
Meia Dúzia
Cidade Hoje
Pncm
Joaquim Ferreira Marques